Minha Casa...Minha Alma...

Viagem com Tânia por um mar desconhecido...

Textos


ACALANTO



Eu só te quero
Para meu alento, curativo
Para me tirar de toda dor
E nos levar juntos
A um paraíso compensativo!

Eu só te quero
Como lenitivo, proteção
Das amarguras que vivi
Dos caminhos tortos que percorri
Quero que cures o meu coração!

Eu só te quero
Para acalanto de minha alma
Confio assim: que só tu podes!
Prometo que de retorno, te amarei
Zelarei por tudo teu, fiel e calma!



 
Tânia de Oliveira
Enviado por Tânia de Oliveira em 08/02/2018

Música: Sutilmente - Skank



Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras