Minha Casa...Minha Alma...

Viagem com Tânia por um mar desconhecido...

Textos



MAGNÓLIA & AMOR SEM FIM




A flor da árvore era a Magnólia
Lavei as mãos e fui colher
Para num ato único
Simbólico, sentido,
Delicadamente, ofertar para ti
Saíram rios de emoção de mim
Através da Magnólia vou transmitir
Amor poético, incondicional, 
Amor, sem fim!

A flor da árvore era a Magnólia
Nasceu  magicamente
Saiu dos galhos de uma árvore
Fincada na terra do jardim
Entre folhas e espinhos
Espaços, entre alegria e dor
E num tempo bom e ruim
Ela natureza de planta e eu...
Amor, sem fim!

A flor da árvore era a Magnólia
Sedosa, bela, cheirosa
Com o destino de toda flor:
Nascer, crescer e morrer
Como outras flores do jardim.
Ambos com seu destino, assim: 
Ela flor Magnólia e perecível
E o meu amor por ti imortal,
Amor, sem fim!




 
Tânia de Oliveira
Enviado por Tânia de Oliveira em 10/01/2018
Alterado em 10/01/2018

Música: The Two Trees - Loreena McKennitt



Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras